terça-feira, 14 de setembro de 2010

Uma Verdade Inconveniente


Estou preocupada em preparar meus alunos concluintes do ensino médio para o ENEM. Por isso, estou pesquisando os temas mais prováveis que podem ser escolhidos para dissertação deste ano.
Comecei meu trabalho em sala com o tema "Aquecimento global". A professora Fábia, uma grande amiga, emprestou-me um excelente documentário indicando-o como um ótimo instrumento pedagógico. Esse filme é de Albert Arnold Gore Jr., um ambientalista  que recebeu o Nobel da Paz em 2007,  pelos seus esforços na construção e disseminação de maior conhecimento sobre as alterações climáticas induzidas pelo homem e por lançar as bases necessárias para inverter tais alterações.
Uma Verdade Incoveniente fala sobre as mudanças climáticas mais especificamente sobre o Aquecimento Global, o qual foi vencedor do Oscar de melhor documentário em 2007. Achei que o uso deste documentário foi muito elucidativo, pois os alunos não precisaram pesquisar muito para escrever bons textos com argumentos fortes e soluções viáveis.

3 comentários:

Luiz Fernando disse...

Oi! Vi que está lendo a psicanálise do conto de fadas. É um livro incrível, gosto da análise da história dos três porquinhos, que ensina às crianças que existe os mundos do prazer e o da realidade. E achei o seu blog muito interessante! Obrigado pela visita!

Miriam disse...

Eu que agradeço, Dr. Estive no seu espaço e mergulhei de cabeça nas suas ideias incríveis.
Estarei sempre lá...

Ramon Oliveira... disse...

olá tens mais um novo habitante desta tribo da leitura. Achei o site muito bem trabalhado e meios como o seu de informatividade cultural, de compartilhamento de experiências, de representação artística livre são super importantes para uma alteração nas perspectivas corservadoras da educação em geral. Sou um aspirante de professor, faço o curso de LETRAS Portuguesa na Universidade Federal do Amazonas. E creio que será muito produtivo esse seu blog para mim

obs: também escrevo, mas criei um blog agora e estou postanto textos no intuito de gerar discursão e flexibilização dos nossos determinismos instantanêos

enfim, sigo-te, lerei e comentarei!

EMPATIA E ATÉ!