segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Os estereótipos e o imaginário popular sobre História.

Em uma época onde a leitura é superada por tecnologias como a tv e a computação, o cinema dissemina os referenciais populares sobre História com muito mais rapidez e eficácia que qualquer historiador. Isso reflete diretamente no ensino, visto a grande utilização do recurso por parte dos professores. Desta maneira, conseguir analisar produções cinematográficas, desconstituir seus estereótipos e criar um referencial crítico nos estudantes é uma meta importante para qualquer educador. Por estereótipo se entende as representações de uma realidade social ou histórica, tomadas como verdadeiras, mas que constituem quase sempre em fantasias ou produtos da imaginação. Alguns estereótipos são produtos eruditos (como o famoso capacete de chifre dos guerreiros Vikings, criado no século XIX), que foram popularizados pelas artes plásticas. É um campo novo, e está aberto para investigações, com imensas possibilidades de temas e pesquisas. Assim como o desfecho fílmico muitas vezes foi representado por “FIM” (The End”), acredito que ainda haja muito que se pesquisar a respeito.
FILMOGRAFIA – estereótipos em filmes históricos
1. Estereótipos na História do Brasil

- Xica da Silva (1980)
- Quilombo (1979)
- Os inconfidentes (1971)
- Anchieta (1978)
- O Guarani (1955)
- Ganga-Zumba (1988)
- Carlota Joaquina (1994)
- Independência ou morte! (1971)
- Guerra dos pelados (1975)
- O cangaceiro (1956)
- Memórias do cárcere (1984)
- Aleluia Gretchen! (1976)

2. Estereótipos sobre os bárbaros (Vikings, Celtas e Germanos)

- Kull, o conquistador (1992)
- Espírito guerreiro 2 (1994)
- A rainha da idade do bronze (2003)
- Átila o huno (2000)
- Highlander (1985)
- A lenda de um guerreiro (2001)
- Sangue bárbaro (1955)
- O Viking (1978)
- As brumas de Avalon (2001)
- Príncipe Valente (1954)
- Erik, o Viking (1989)

3. Estereótipos sobre História Antiga

- O egípcio (1954)
- A múmia (2000)
- Quo Vadis? (1955)
- Escorpião rei (2002)
- Asterix e Obelix contra César (1954)
- O vale dos reis (1954)

4. Estereótipos sobre Idade Média

- Merlin (1998)
- Lancelot, o primeiro cavaleiro (1995)
- Conquista sangrenta (1984)
- El Cid (1956)
- Coração de cavaleiro (2002)
- O monge (1990)
- Loucuras na Idade Média

5. Estereótipos sobre conflitos modernos

- Fomos heróis (2003)
- Midway (1958)
- Pearl Harbor (2001)
- Coragem e glória (1998)
- Esperança e glória (1971)
- Rambo II (1995)

6. Estereótipos sobre a Amazônia brasileira e peruana

- Amazon, fúria selvagem (1999)
- Meu filho das selvas (1996)
- O segredo dos incas (1956)
- Manhunt in the jungle (1958)
- Anaconda (1998)

Fonte:http://www.anpuh.uepg.br/historia-hoje/vol2n5/johnni.htm

5 comentários:

Rodrigo Fernandes disse...

Muito oportuno o post. Muito boa seleção professora. Assino embaixo com todas as letrinhas do meu nome.

Pedro Henrique disse...

Só você para fazer um textos deste gabarito. Ficou ótimo!

Abraços, professora!

Jacques disse...

Miriam, vc me fez lembrar de alguns títulos. No primeiro caso, de Guerra dos Canudos (97) e Independência ou Morte (72); no segundo, de Coração Valente (95) e Os Vikings (58); no terceiro, de Cleópatra (63) e Spartacus (60); no quarto, de Ivanhoé (52) e Excalibur (81); no sexto, de A Missão (72) e Aguirre, a Cólera dos Deuses (72). Abcs

miriam disse...

Jacques, realmente os filmes que você sugeriu cabem muito bem a esta lista.
Beijos

Anderson disse...

Muito interessante a sua seleção, existem alguns estereótipos realmente imperdoáveis, principalmente no que diz respeito à Idade Média.