segunda-feira, 13 de julho de 2009

Aprendi que...


  • Aprendi muito cedo que ganhar uma irmãzinha pode ser bom, e ruim.
    Que sou muito parecida com meus pais.
    Muito cedo aprendi que a leitura faz minha cabeça.
    A esquecer o passado, literalmente! Às vezes é uma pena!
    Que não amamos alguém, mas a ideia que fazemos deste alguém.
    Que não posso escolher meus sentimentos, mas como me comportar a respeito.
    Que posso ajudar alguém orando por ela, quando não posso ajudá-la de outro forma.
    Que aprendo muito conversando com pessoas interessantes.
    Que a melhor sala de aula são as pessoas que te ensinam com carinho e amor.
    Que a melhor fonte de juventude é estar ao lado de um amigo brincalhão.
    Aprendi que se pode fazer num instante algo que vai lhe dar dor de cabeça a vida toda.
    Aprendi que não posso mudar o que passou, mas posso deixar pra lá.
    Aprendi muito cedo e ensinei aos meus filhos, que só não há solução para a morte.
    Que se você quer saber quem manda numa família, deve observar quem toma conta do controle remoto da TV.
    Que se passo um tempo sem meus filhos, passo a maior parte do tempo falando deles.
    Que a época que preciso realmente tirar férias é justamente quando acabei de voltar delas.
    Que nesta vida não somos nada diante de uma grave doença.
    Que algumas coisas da infância, fui esquecendo e não sei o porquê agora algumas voltaram para me assombrar.
    Que se eu quero ouvir minhas músicas, não devo prestar atenção ao que dizem meus amigos que ouvem sertaneja.
    A não sair com quem não gosta de ir ao cinema.
    Que quanto menos tempo tenho, mais coisas consigo fazer.
    Que viajar sozinha é muito bom.
    Aprendi a escrever e criei um blog.
    Você, também pode fazer uma lista como esta, do que você aprendeu com sua vida.
    Ou não!

2 comentários:

Paulo Surikate disse...

Esse texto é lindo!!!
Uma otima narraçao de acontecimentos que tanto eu quanto qualquer um de fato pode fazer.
Parabenizo-a entao (Referindo-me a pessoa.).

Roan waltrick disse...

NOssa, é verdade!
pode parecer piegas, mas, vc me ajudou a ver minha vida diferente agora, pois concordo parcialmente de ouvir as pessoas q ouvem sertanejo hehehehe e de não sair com que não gosta de ir ao cinema.
Coisas do passado q esquecemos mas q voltam p atormentar...
muito estranho... pois eu tava escrevendo uma musica sobre isso!

Bem, vou continuar Lendo seu Blog, quem sabe não surgem mais coincidências?
Não só por isso, é pq ele é bom mesmo!!
Parabéns!!!