sexta-feira, 12 de junho de 2009

Os melhores filmes românticos de todos os tempos

Quero deixar bem claro que neste post só irei retratar os filmes românticos / drama e não selecionarei os de comédia romântica, pois já tenho uma seleção destes, feito em outro momento. Claro que o melhor filme romântico de todos os tempos é "Romeu e Julieta", de Shakespeare. a própria literatura confirma. Estou trabalhando em um projeto com ele com meus alunos e pude notar que todos ainda não o tinham assistido e o entusiasmo foi notável. Mas existem também, outros no mesmo nível ou talvez ainda melhor. E, se você deseja hoje, no dia dos namorados, conhecer alguns bons filmes românticos para assistir com seu companheiro (a), ou mesmo porque você gosta do estilo, abaixo você encontra alguns filmes que marcaram época, e que são super procurados, tanto em locadoras como nos cinemas.
Os 10 filmes mais românticos e emocionantes:
1. Romeu e Julieta
Romeu e Julieta talvez seja a peça mais transportada para as estruturas cinematográficas de todos os tempos. As mais famosas produções foram a produção de 1936, de George Cukor, que ganhou mais de um Oscar, a versão de 1968 do diretor Franco Zeffirelli, e Romeu e Julieta, de Baz Luhrmann de 1996.
2-A Dama das Camélias

É o título de uma das mais famosas obras de Alexandre Dumas Filho.Camille - filme de 1936, de George Cukor, com Greta Garbo.

Marguerite Gautier (Greta Garbo), uma cortesã, conhece o amor, mas é humilhada pelo antigo amante e o pai de seu novo amor, Armand Duval (Robert Taylor), que lhe diz que ela destruirá o futuro do seu filho.
3-O morro dos ventos uivantes.

O diretor Peter Kosminsky conta a história de um homem rico em busca de vingança, que se apaixona pela irmã do homem que deseja matar. Com Juliette Binoche e Ralph Fiennes.No final do século XVIII, em uma área rural da Inglaterra, surge com o tempo uma violenta paixão entre Catherine Earnshaw (Juliette Binoche) e o cigano Heathcliff (Ralph Fiennes), seu irmão adotivo. Criados juntos, eles são separados pela morte do pai de Catherine e a crueldade de como Hindley Earnshaw (Jeremy Northam), seu irmão, trata Heathcliff. Quando Heathcliff fica sabendo que ela vai casar com Edgar Linton (Simon Sheperd), um homem rico e gentil, Heathcliff foge para fazer fortuna, ignorando o fato de que Catherine o ama, e não o futuro marido. Dois anos depois, Heathchliff retorna para vingar-se de Hindley e Edgar e do abandono que Catherine lhe infligiu.


4-Razão e Sensibilidade

Direção: Ang Lee e produção: Lindsay Doran. Duas irmãs órfãs e com poucas condições financeiras precisam se mudar para o campo, onde encontram o amor de formas diferentes. Com Emma Thompson, Kate Winslet e Hugh Grant no elenco. Vencedor do Oscar de Melhor Roteiro adaptado.

5-Orgulho e Preconceito
Da mesma autora de Razão e Sensibilidade, Jane Austin.
Na Inglaterra do fim do século 18, cinco irmãs são cortejadas pelos pretendentes. É quando a 2ª mais velha conhece um homem esnobe, com quem vive discutindo mas também se encontrando. Com Keira Knightley, Donald Sutherland, Brenda Blethyn, Judi Dench e Jena Malone.Recebeu 4 indicações ao Oscar. O Diário de Britget Jones foi baseado nesta obra. Até o nome do protagonista é o mesmo, Sr. Darcy.

6-Os pássaros feridos

Amor. Impossível. Proibido. Eterno. Mary Carson (Barbara Stanwyck), a proprietária de um enorme rancho no interior australiano apaixona-se pelo padre da paróquia local Ralph de Bricassart (Richard Chamberlain), enquanto este começa a enamorar-se pela sobrinha de Mary, Meggie Cleary (Sydney Penny, e mais tarde Rachel Ward). Quando Ralph não responde aos seus avanços, Mary prepara-se para influenciar o seu destino, mesmo para além da morte.


7-Suplício de uma saudade
Esta é uma das mais lindas e famosas histórias de amor das telas cinematográficas. Ambientado em Hong Kong durante a Guerra da Coréia, o filme narra a história de um correspondente de guerra americano (William Holden) e seu amor por uma linda médica eurasiana (Jennifer Jones). À medida que seu amor cresce, surgem problemas para atrapalhar sua felicidade. Ele deixou uma esposa em casa, e ela enfrenta a desaprovação de sua família e amigos. O destino também não parece querer ajudar. Todo o exótico esplendor de Hong Kong foi brilhantemente capturado pela magnífica fotografia de Leon Shamroy, e a trilha sonora vencedora vencedora do Oscar® (Melhor Trilha Sonora, 1955) e a canção título (Melhor Canção Original, 1955) está entre as melhores já compostas para o cinema. Suplício de uma Saudade é indiscutivelmente um ponto alto da melhor tradição em filmes românticos de Hollywood.

8-Loves story

Olivier, de classe superior , estudante de Harvard, casa-se com Jenny uma moça pobre de uma família italiana , contra vontade seus. Depois de algumas lutas, Oliver termina faculdade de direito e o jovem casal está prestes a começar uma família quando Jenny se encontra gravemente doente. Oliver é forçado a pedir dinheiro emprestado de seu pai para ela por causa de despesas médicas.



9- Ghost, do outro lado da vida


Direção: Jerry Zucker. Após ser assassinado, um jovem banqueiro busca ajudar sua esposa ainda viva, contando com o auxílio de uma médium charlatã para fazer a comunicação entre eles.Com Patrick Swayze, Demi Moore e Whoopi Goldberg. Vencedor de 2 Oscars


10-As pontes de Madison

Produção: Clint Eastwood e Kathleen Kennedy.

Um fotógrafo é contratado para fotografar as belas pontes do condado de Madison, mas acaba se envolvendo com uma dona de casa que reside no local. Dirigido e estrelado por Clint Eastwood e com Meryl Streep no elenco. Recebeu uma indicação ao Oscar.


Minha lista era bem maior, foi difícil escolher os 10 melhores pois havia:

Amor além da vida, Casa Blanca, Crepúsculo, Doce Novembro,Don Juan de Marco, E o vento levou, Em algum lugar do passado, Ladrão de corações, Tarde demais para esquecer, Tristão e isolda, Verão de 42 -houve uma vez um verão, Desejo e reparação, Feitiço de Áquila,
O Segredo de Brokeback Mountain, O piano, A letra escarlate, entre outros.

Assim mesmo sei que muitos ainda vão achar filmes melhores, mas como expliquei no início, só escolhi os românticos sem nenhuma comédia, pois mesmo "Ghost", ainda contém uma pitada humorística e E o Vento Levou não há amor recíproco entre os protagonistas, o fundo da guerra é mais forte que a própria história de amor.
Fonte: http://www.adorocinema.com/

11 comentários:

Roseli Venancio Pedroso disse...

Oi Mirian,
Uma das melhores coisas para retratar o amor e todo seu romantismo, sem dúvida, é o cinema. Você fez escolhas belíssimas! Já assisti a todos e são lindos mesmo. Ahhhhhh, o amor!!!!!!!
Bjs

Escola Flora Calheiros Cotrin disse...

olá Miriam,lendo este post do dia dos namorados viajei no tempo..quantos filmes fantásticos e lindos...agora estou nostálgica...deu vontade de assistí-los de novo.Alguns não assistir...vou já locá-los.Boa sugestão pra esse dia em que homenageamos o amor.bjs

Profe Suely disse...

Oi, Míriam!

Muito legais tuas indicações... me encheu de nostalgia ver a nomeação de Love Story... esse filme marcou um tempo muito especial na minha vida!!! Preciso revê-lo com urgência!

Abraços!

Miriam disse...

Obrigada amigas! era esta a minha intenção. Deixá-las assim nostalgicas!
Um abraço a todas.

prof. Maykel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
prof. Maykel disse...

Oi professora Mirian, obrigado pela visita em meu blog! Legal a diga dos filmes românticos. Desses que você colocou eu assisti apenas dois. Vou tentar assistir os outros para provar do romantismo contido em cada um deles! Bjim

Ygor Moretti Fiorante disse...

Poxa percebi quye não sou muito adepto de filmes romanticos rssss

Mas cito um que me chamou bastante atenção, "Para Roseana" com o Jean Reno, me emocionou bastante!

Te mais!!

wallace disse...

Vim conhecer seu blog... Poxa, adoro o "Pontes de Madison". às vezes é bom assistir um filme romântico. Dá assim, uma certa esperança de que as relações não são de todo falhas. Trabalho com cinema na minha cidade. é sempre bom ler blogs que tratem do assunto. bj

Miriam disse...

Seja bem-vindo, Wallace. Boa observação sobre As pontes de Madison. Fiquei com muita dúvida se indicava este ou não, mas acredito no amor em todas as idades e por isso achei este filme importante.
Venha sempre!

Elaine dos Santos disse...

Caramba!!!! como diriam os meus alunos "matou a pau"!!!
Amei a sua lista e não teria nada para reclamar :) muitíssimo bom gosto! Parabéns!

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.