quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

A Metamorfose, por Franz Kafka



Vi que hoje é o dia do leitor e imaginei qual livro poderia indicar a alguém que queira começar a ler algo muito diferente e arrebatador. E ainda que essa leitura seja tão marcante que nunca mais esqueça aquela estranha sensação que o livro lhe causou.
Pois para mim a obra só pode ser : "A Metamorfose", Franz Kafka.  Indico esta obra,  porque é a  que mais me impressionou quando a li e  também pelo  desespero  que senti durante todo o livro.
Foi um daqueles livros que quando acabei de ler fiquei extasiada, perplexa, pensativa durante horas. Logo depois, passei-o ao meu pai e ele também sentiu a mesma coisa. Impressionou-se pela forma elaborada que Kafka conseguiu redigir, praticamente um monólogo.


 Vários aspectos neste livro o torna interessante:

1- Um livro não precisa ser "grosso", (pode ser lido em uma tarde)

2- Um dos livros que a gente lê rápido e logo já tem vontade de reler.

3- Um dos livros que merece a fama que tem. ( Porque alguns você vai ler pela fama e deixa no meio sem entender  por que ficou tão famoso).

4- Tem conteúdo o suficiente para ser discutido por um ano!

5- É literatura no mais alto grau, cada frase, cada trecho pode ser relido de maneira meticulosa com a intenção de se apreciar a arte da palavra. E isso contece quando a atenção recai sobre "como" o autor relata, e não "o que".
Se quiser saber mais sobre a obra, assista ao livro clip:


Fonte: livro clip

Um comentário:

Pedro Henrique disse...

Tive que ler na escola há alguns anos atrás, não gostei - provalvelmente por não ter ainda uma "bagagem" literária. Hoje é uma das histórias que eu mais gosto de ler e que faço questão de ter na minha estante.

Obra-prima mesmo!