segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Juventude Transviada

O filme “Juventude Transviada” é um desses filmes que nos fazem refletir sobre a relação entre pais e filhos e o produto dessa relação. Por quê? Porque no filme, considerado como um clássico do cinema, o jovem James Dean procura romper com as relações familiares e a falsa aparência de seus pais que consideram o modelo de vida deles, como normal. Mas o filme vai mais além e mostra também hábitos que hoje vemos como o de fumar e beber, que representam status, rebeldia, e independência. As gangs escolares da década de 50 não se comparam com as de hoje, pois se hoje os jovens assustam seus rivais com AR´s-15, e revólveres de calibe 38, na metade do século passado os canivetes faziam a alegria dos vencedores, e a humilhação e derrota para os vencidos. Apesar de ser um filme produzido antes da metade do século passado, “Juventude Transviada”, nos possibilita fazer uma reflexão sobre as instituições e de que forma elas foram se degradando, por não terem acompanhado os ventos das mudanças que estavam ocorrendo no mundo. "Juventude Transviada" foi proibido na Espanha e Inglaterra por incitar os jovens à violência. De qualquer forma, no Brasil, além de ser proibida para menores, serviu para popularizar a jaqueta vermelha que Dean usava. O filme começou a ser feito em preto-e-branco, mas, por ser em cinemascope, teve de ser refilmado do começo em cores. O filme foi um marco do gênero e na descoberta do público adolescente como tema e alvo consumidor desse tipo de história. Não ficou famoso pela sua capacidade de análise antropológica, mas sim pela criação de identidades, mitos e modelos de uma juventude que começava a sair da esfera de uma moral rígida.

4 comentários:

Rodrigo Fernandes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigo Fernandes disse...

Pois é Miriam...

Infelizmente perto da galera de hoje, o rebelde, o transviado James Dean não passa de um padre de cidade pequena... infelizmente... No future, no future...

Em tempo venho lhe convidar a conhecer meu novo Blog, fica em www.livroimaginario.blogspot.com Sua visita e seus comentários serão, como sempre muito, muito bem vindos.

Te vejo lá.

Beijos

Rodrigo F.

Miriam disse...

Rodrigo, Também acho que James Dean não chega aos pés dos rebeldes sem causa de hoje, mas infelizmente parece que o destino lhe pregou uma peça. Você viu o vídeo que eu postei? É o da corrida para o precipício, e ele acabou morrendo em um acidente de carro também. Para a época eu achei que o filme influenciou muitos jovens a fazerem rachas ...
Beijos.

Pedro Henrique disse...

"Juventude Transviada" foi o filme que imortalizou James Dean. Absolutamente marcante.

Até mais, Miriam!