sábado, 23 de agosto de 2008

O PRIMO BASÍLIO

Meus queridos alunos dos segundos anos, achei os vídeos da série maravilhosa que passou na Globo de "O Primo Basílio", de Eça de Queirós. Quarta-feira, passarei para vocês, mas quem quiser ver aqui para matar a curiosidade... Esta obra é um dos clássicos da literatura portuguesa e sei que a maioria de vocês já está a procura do livro, pelo menos para achar o trecho mencionado na música, "Amor I love you", da Marisa Monte e Arnaldo Antunes. O vídeo que mais gosto é a cena antológica de Marília Pera, que faz a empregada Juliana contando para Luísa que tem as cartas. Acho que é a melhor cena dela como atriz. Mas o clipe da Marisa Monte também é belíssimo e foi baseado nesta obra de Eça. Assistam, depois nós comentaremos.
Neste site vocês poderão ler o resumo da obra e alguma análise.
Para os professores de português que acessam o meu blog, indico o meu OAC : Eça de Queirós e a crítica vertente.
Parte 1 : Cenas da mini série:"O Primo Basílio", com a música portuguesa de abertura. Realizada em 1987, com Giulia Gam, Marcos Paulo e Marilia Pêra.


Antológica cena da minissérie "O Primo Basílio" (TV Globo - 1987). Juliana (Marília Pêra), em atuação inesquecível, revela a Luísa (Giulia Gam) que nem todos os papéis foram para o lixo...

Jorge (Tony Ramos) conta para Luisa (Giulia Gam) que sabe que ela tem um amante.

Clipe de Marisa Monte e Arnaldo Antunes que faz referência ao livro "Primo Basílio".
Inclusive ele declama o trecho do livro que postei logo abaixo, onde descreve como Luísa ficou ao receber a carta de Basílio. Meninas do 2° ano, vocês vão adorar este clipe.
"Tinha suspirado, tinha beijado o papel devotamente! Era a primeira vez que lhe escreviam aquelas sentimentalidades, e o seu orgulho dilatava-se ao calor amoroso que saía delas, como um corpo ressequido que se estira num banho tépido; sentia um acréscimo de estima por si mesma, e parecia-lhe que entrava enfim numa existência superiormente interessante, onde cada hora tinha o seu encanto diferente, cada passo conduzia um êxtase, e a alma se cobria de um luxo radioso de sensações!"

3 comentários:

Rodrigo Azevedo disse...

Ainda adolescente, sempre tive preferencia pela literatura norte-americana e inglesa. Foi no colegial que uma professora me obrigou a ler O Primo Basilio e, claro, adorei. Até hoje quando a encontro por aí falamos sobre isso. Tornou-se marcante pra mim.

A série foi muito boa. Assisti em DVD. O filme do Daniel Filho é razoável. Assistivel, digamos. Beijos.

Rodrigo Fernandes disse...

achei bem fraco o filme do Daniel Filho.. mas é uam historia interessante e bem desenvolvida mesmo, o problema é que o global lá meio que estragou a obra do Eça de Queirós.. pelo menos eu acho, já que tiveram grandes adaptaç~eos dessa obra anteriormente...rs
beijos, miriam!!!

Miriam disse...

Eu nem quero ver o filme, pois fiquei sabendo que transpuseram a obra para outra época e odeio quando fazem isto com uma obra literária. Mas a série da globo é 10.
Beijos, meus amigos.